segunda-feira, junho 22, 2015

#Aventurasnacozinha - #Paella


Mu-ni-tooooos!! rs
Nhamy!!! Que fome!!!rs
Vocês concordam que no inverno dá a "mó" fome? #meleeeevre !!
(Onde vamos parar, #Oh_Lord... no caso, eu, néanh.. abafa...rs)

Dr Ducaaaan, um xêêêro, gaaaato! hehe

Éééé...dei um tempo na dietinha de proteína... mas, #vamos_acompanhar...

Enquanto isso, na sala de justiça...

Fazia teeeeempo que eu queria fazer essa receitinha espanhola.
Detesto de paixão como se não houvesse amanhã com todas as minhas forças frutos do mar...Éca...
Mas, caaaalma! Nem falei da vegetariana!! Atooooroum!!!
\o/
(É para glorificar a Deus de péééé, igreeeejaaa...!)
Bóra? Huuuum...


Você vai precisar dos seguintes "breguenaits": rs 
  • ¼ xícara (chá) de azeite extra virgem
  • 1 unidade de cebola picada em cubos
  • 1 dente de alho picado
  • 1 ½ xícaras (chá) de arroz para paella ou arroz agulhinha “branco”
  • 3 xícaras (chá) de água fervente
  • ½ xícara (chá) de pimentão vermelho, amarelo e verde sem pele*, cortados em tiras
  • 2 unidades de tomate sem pele e sem sementes, cortado em cubos
  • 1 xícara (chá) de ervilha congelada
  • 1 xícara (chá) de azeitonas pretas sem caroço
  • ½ xícara (chá) de cogumelo , fatiado
  • Sal e pimenta do reino 



Como fazer?


1. Aqueça bem uma frigideira grande ou wok e adicione 2 colheres (sopa) azeite, metade da cebola picada e o alho. Coloque uma pitada de sal e refogue em fogo baixo por 1 minuto.
2. Junte o arroz, 1 ½ xícara (chá) de água, uma pitada de sal. Aumente o fogo e quando a água ferver, diminua o fogo e tampe a panela.
3. Quando a água secar, espalhe o arroz na lateral da frigideira e deixe o centro livre para refogar os restante dos ingredientes.
4. Em fogo baixo acrescente 1 colher (sopa) de azeite e refogue o pimentão e a ervilha. Junte a azeitona e mais 1 ½ xícara (chá) de água fervente. Misture bem o arroz com os ingredientes refogados no centro da frigideira e a água fervente.
5. Tampe a panela e em fogo baixo cozinhe até a água secar.
6. Adicione mais sal, se necessário.
7. Quando a água secar, disponha os cubos de tomate e as fatias de cogumelo sobre a paella. Aumente o fogo para a chama mais potente e adicione o restante do azeite.
8. Tampe a panela e cozinhe por mais 4 minutos**.
*Para retirar a pele do pimentão: espete o pimentão em um garfo e leve diretamente para a chama do fogão. Deixe queimar até que a pele fique totalmente queimada (não se preocupe, o interior não ficará com gosto de queimado). Após toda a superfície da pele estar “preta”, envolva o pimentão em papel alumínio, por 10 minutos. Retire do papel alumínio e em baixo de água corrente vá retirando a pele com o auxílio das mãos e de uma faca pequena.
**O arroz deve grudar ligeiramente no fundo da frigideira. Isso é uma característica da paella. Se necessário, deixe mais alguns minutos em fogo alto até o arroz grudar no fundo da frigideira.
Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 1 hora
Dificuldade: Fácil

Essa minha amiguinha é a Midori - deixei esse nome mesmo - e já falei dela aqui!!!


Mas...vem cá...como surgiu a Paella? 

A Terra Natal deste prato é a região de Valência, na costa leste da Espanha. Ele surgiu como alimento dos camponeses, nos séculos XV e XVI, quando saíam para o trabalho rural, levando arroz, óleo de oliva e sal, além do recipiente para cozinhar: uma panela redonda com alças, ampla e rasa chamada de "Paella". Esse formato facilitava o mexido do arroz e seus componentes durante o preparo, proporcionando um cozimento por igual.



Como a origem desta verdadeira delícia está fortemente relacionada ao campo, incorporavam à receita do prato os ingredientes que encontravam, tais como, carne de caça, sobretudo de lebre e de pato, legumes da estação e açafrão (nobre especiaria) retirada das flores, dando o colorido amarelado ao arroz.
Passado algum tempo, a Paella difundiu-se e alcançou o litoral. Aí acrescentou-se os frutos do mar: camarões, lulas, vôngoles, mexilhões, lagostins e polvo, tornando-o um prato mixto (terra e mar).

A origem da Paella vem do latim "Patella", bandeja usada na antiga Roma destinada às oferendas aos Deuses, nos rituais de fecundação da terra.
Dizem também os historiadores que a palavra "Paella" surgiu quando os trabalhadores rurais voltavam para seus lares nos finais de semana e em homenagem às suas esposas preparavam essa deliciosa iguaria "Para Ellas" dando origem ao nome.

A Paella é um prato festivo que os Espanhóis saboreiam em datas marcantes como: casamentos, aniversários, batizados, feriados religiosos e finais de semana.


"Grandes coisas fez o Senhor por nós, por 

isso estamos alegres." 

(Salmos 126:3)


Molts petons!!! Bona tarda!!
Hasta!!!

Sigam-me os bons:

@meninarosa *** Store menina rosa *** Instagram ***


 Facebook *** Flickr *** Micro-contos da menina 


Nenhum comentário:

Pin It button on image hover